Tomie Ohtake

Mostra de Tomie Ohtake, na Paulo Darzé, em Salvador

No ano de comemoração dos 100 anos de vida de Tomie Ohtake, a Paulo Darzé Galeria de Arte inaugura no dia 8 de novembro uma exposição dos trabalhos mais recentes da artista. Com uma obra de trajetória íntegra e integral, entre a tradição e a experiência visual do homem moderno, no dizer de Paulo Herkenhoff, “Tomie, em suas telas, parece buscar em nosso olhar um haicai perdido”. A mostra permanece na capital baiana até 7 de dezembro.

Nascida no Japão, em Kyoto, em 1913, a artista chegou ao Brasil, em São Paulo, aos vinte e três anos. Iniciou seus estudos de pintura em 1952, com o artista plástico japonês Keisuke Sugano. Em 1953, integrou o Grupo Seibi junto a Flávio-Shiró, Kaminagai, Manabu Mabe e Tikashi Fukushima. Foi no Museu de Arte Moderna de São Paulo, em 1957, sua primeira individual. A partir de 1969, Tomie passou a trabalhar com serigrafia e, mais tarde, com litografias e gravuras em metal.

Mais

Paulo Darzé Galeria de Arte
Rua Dr.Chrysippo Aguiar, 8, Corredor da Vitória
Salvador – Bahia
(71)-3267-0930

TURN TO ART

Loja virtual TURN TO ART oferece obras de arte com curadoria de qualidade

Quem está em busca de arte contemporânea, pode encontrar inúmeras obras na loja virtual TURN TO ART. A loja reúne artistas consagrados que trabalham com uma arte mais figurativa, como Alice Quaresma, Osvaldo Carvalho e Karla Ruas. No acervo do site estão aquarelas, retratos, universos fantásticos, fotos de paisagens e até mesmo ilustração infantil.

+

Gio Ponti

Exposição de Gio Ponti produzida pela Molteni & C

Gio Ponti (1891-1979) foi um arquiteto, designer, jornalista e artesão que ficou conhecido por capturar o espírito das décadas de 20 a 70. Seu estilo modernista italiano é icônico e suas obras já foram reproduzidas diversas vezes – dessa vez pela Molteni & C.

+

31ª Bienal de São Paulo

31ª Bienal em versículos

Com obras relacionadas a política e principalmente a religião, a 31ª Bienal de São Paulo conseguiu desenvolver bem o tema “Como Falar de Coisas que Não Existem”. Mesmo aqueles que foram a bienal de forma mais despretensiosa, tomaram facilmente o discurso.

+

Alex Katz, Whitney Museum e High Line

Parceria do Whitney Museum of Art com o parque The High Line oferece exposição artística do pintor Alex Katz

Para celebrar a mudança do Whitney Museum of American Art’s para o prédio projetado por Renzo Piano em Meatpacking District, o museu fez uma parceria com o parque The High Line e com a T.F. Comerstone para divulgar uma série de instalações artísticas durante os próximos cinco anos. O primeiro artista a expor seu trabalho no local será o pintor Alex Katz.

+

31ª Bienal

31ª Bienal começa neste final de semana

“Como falar de coisas que não existem” é o tema da 31ª Bienal de São Paulo que começa a partir do dia 6 de setembro e vai até o dia 7 de dezembro no pavilhão do Parque Ibirapuera, em São Paulo. O tema deste ano pretende indagar um dilema contemporâneo: como viver em um mundo em transformação permanente, onde as velhas formas – de trabalho, de comportamento, de arte – já não cabem e as novas formas ainda não estão claramente delineadas?

+

NeSpoon

Artista polonesa cria arte de rua com crochê

A artista baseada na Varsóvia, NeSpoon usa padrões feitos a partir de desenhos em crochê para criar sua marca na arte de rua. O trabalho delicado da polonesa pode ser visto em cerâmicas, pinturas, stencils e vários espaços públicos.

+